9 livros e um álbum, para entender a cidade contemporânea

A seguir, uma sugestão de leituras sobre a cidade contemporânea. São 9 livros que podem ser lidos ao som do álbum ” The Suburbs” da banda Arcade Fire, composta por antigos moradores do sprawl texano.

1. As origens da urbanística moderna, 1963
    Autor: Leonardo Benevolo

image

Benevolo retorna ao século XVIII, quando as cidades européias vivenciam um forte crescimento demográfico. Trata-se da primeira grande urbanização capitalista da história. Compreender este processo ajuda a entender a cidade contemporânea, em especial a urbanização chinesa, que fecha este ciclo após 300 anos.

2. Morte e vida das grandes cidades americanas, 1961
Autora: Jane Jacobs
image

Escrito em 1961, o livro de Jacobs é dos mais influentes das últimas décadas. Trata-se de uma crítica contundente ao urbanismo modernista e também ao sprawl americano, cuja coesão está vinculada ao carro. Em contrapartida, Jacobs propõe uma cidade densa, com bairros multifuncionais, cujas calçadas sejam lugares repletos de humanidade e sentido.

3. Aprendendo com Las Vegas, 1977
Autores: Robert Venturi, Denise Scott Brown e Steven Izenour
image

Os autores buscam em Las Vegas, compreender como o Sprawl se estrutura do ponto de vista simbólico e iconográfico. O livro define uma metodologia de análise do espaço urbano que estabelece um vínculo entre a percepção e a velocidade do observador. Isto se torna importante quando o cidadão se transforma em motorista.

4. Sprawl: a compact history, 2005
Autor: Robert Bruegmann
image

O livro busca construir uma definição histórica para o Sprawl: tipo de cidade espraiada que tem no carro o seu principal protagonista. Imensos vazios se intercalam com enormes construções que abrigam centros de compras, serviços e até mesmo indústrias. Seu surgimento ocorreu no início do século XX na Europa e nos EUA.

5. Small Scale, Big Change, 2010
Autor: Andres Lepik
image

No final de 2011 o MoMA organizou uma exposição sobre a ” Novas arquiteturas socialmente engajadas”. Ela é um marco de uma mudança na crítica arquitetônica, que se afasta dos grandes nomes e busca obras mais comprometidas com as pessoas. Uma seleção impecável de obras por todo mundo, demonstra a força da arquitetura contemporânea. Destaco os projetos urbanos do Elemental no Chile, de Hashim Sarkis no Líbano, do Metrocable na Venezuela e do Complexo de Manguinhos no Rio de Janeiro.

6. How The City Moved to Mr. Sun, 2011
Autores: Michiel Hulshof e Daan Roggeveen

image

Os autores visitam 13 cidades chinesas. Em cada uma delas conversam com moradores cujos relatos permitem que se conheça com profundidade a maior urbanização já vista pela humanidade, a da China. Relatos como o do Sr. Sun, que dá título ao livro. Lavrador, acabou construindo um grande edifício onde além da sua casa e de seus parentes, abrigava uma lan house e quartos de aluguel. Na cobertura uma horta que permitia o contato com suas origens.
Até o dia em um novo empreendimento imobiliário derruba sua casa em troca de dois apartamentos.

7. Living in the endless City, 2011
Organizadores: Ricky Burdett e Deyan Sudjic
image

A London School of Economics and Political Science e a Alfred Herrhausen Society do Deutsche Bank, organizam uma pesquisa global sobre a cidade contemporânea chamada The Urbana Age Project. Este volume é o resultado dos trabalhos realizados entre 2007 e 2010. As cidades estudadas são Mumbai, São Paulo e Istambul. Dados estatísticos atualizados e uma seleção de textos críticos sobre três das mais importantes cidades do mundo.

8. A Urbanização Brasileira, 1996
Autor: Milton Santos

image

Uma reflexão indispensável para a compreensão da cidade contemporânea brasileira. Mostra todo o desenvolvimento histórico da urbanização no Brasil, e constrói uma série de ferramentas teóricas para explicar nossas cidades espraiadas (sprawl).

9. Brasil, Cidades: alternativas para a crise urbana, 2001
Autora: Erminia Maricato
image

Uma reflexão sobre a “a tragédia urbana brasileira”. Habitação, transporte, mercado imobiliário e legislação urbana são alguns dos temas criticados por Maricato neste livro

Anúncios

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em Urbanismo. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s