Saída da Shell reforça dúvidas sobre o petróleo de xisto

A Shell anunciou no final de setembro passado,  o término de seu programa de extração de petróleo de xisto (shale oil). O programa da petroleira, no estado do Colorado, existia desde 1981 e consumiu, segundo o jornal Denver Business, U$2 bilhões. Este fato trouxe à tona várias dúvidas sobre o petróleo de xisto.

O blog português resistir.info publica texto do consultor de energia Steve Andrews sobre o petróleo de xisto, repleto de questionamentos a respeito da viabilidade técnica, ambiental e financeira do processo de extração. O uso intensivo de água para promover a fratura do xisto pode trazer consequências significativas para o meio ambiente. Há muito pouca informação a respeito dos métodos de produção do petróleo de xisto. Segundo especialistas, a água utilizada na fratura do xisto fica impregnada de produtos químicos, e após sua utilização é posteriormente armazenada em lagoas à céu aberto. O receio é que este processo contamine o lençol freático. Além disto um mundo com novas e amplas reservas de petróleo, poderia garantir a manutenção de nossa sociedade da fumaça e do carro.

Os produtores de petróleo de xisto precisam urgentemente esclarecer seu métodos de extração, e os cuidados para eliminar os impactos à natureza.

Gostaria de ver fotos do local de armazenamento da água após a fratura do xisto. Procurei e não encontrei nada na internet.

para o texto do resistir.info clique aqui.

para a reportagem do Denver Business sobre a saída da Shell clique aqui.

e aqui pra o interessante blog de John Orr sobre o petróleo de xisto no Colorado.

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s