As casas ribeirinhas da Amazônia

Uma das mais interessantes construções da Amazônia são as casas nas margens dos Rios. Aliás, para início de conversa é preciso definir o que é uma margem amazônica. A variação dos níveis dos rios pode chegar aos 20 metros entre a cheia e a seca. Assim a margem é um conceito fugidio na região. Imensas áreas são alagadas e em muitas regiões fica difícil encontrar terra firme. As casas devem se adaptar a esta situação complexa. Metade do ano ela fica em terra firme e a outra metade sobre as águas.

A tipologia adotada é a palafita, cujo piso de acesso fica em geral três a quatro metros sobre o terreno natural. Esta altura varia conforme o nível da maior cheia registrada na região. Encontramos palafitas na amazônia com mais de oito metros de altura. Como as visitamos na época da cheia (diga-se a maior cheia já registrada, em 2012), não pudemos vê-las pois o nível da água estava apenas meio metro abaixo do piso de acesso. A volumetria é marcada pelos telhados de duas ou de quatro águas e pelas varandas.

Construtivamente estas casas utilizam estrutura de madeira, material também utilizado nas vedações. Pouco pude observar de construções em alvenaria ou mesmo outros mateirais. Nas coberturas são utilizados diversos materiais desde os industrializados (telhas metálicas ou de fibrocimento) até as coberturas feitas com folhas secas trançadas.

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em História da Arquitetura e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s