Las Torres del Parque, de Rogelio Salmona

Torres del Parque Implantação

Las Torres dele Parque, a Praça de Touros e, à direita o Parque da Independência

As pessoas são fundamentais, pois não há arquitetura sem gente. É impensável fazer arquitetura pela forma. A arquitetura é essencialmente espacialidade e habitabilidade para as pessoas. E para fazer esta arquitetura deve-se primeiramente, conhecer as pessoas, não somente as suas necessidades físicas e materiais, mas também seus desejos, que geralmente são poéticos, e não unicamente materiais.

Rogelio Salmona

O conjunto de Las Torres del Parque, foi projetado por Rogelio Salmona entre os anos de 1964 e 1970 na cidade de Bogotá. Construída pelo Banco Central Hipotecário, instituição do governo colombiano que durante muitos anos financiou a construção de habitações para a classe média baixa. No caso das Torres, a idéia era promover habitação na região do Centro Internacional de Bogotá, bairro que concentra grande parte dos escritórios e bancos da cidade, porém carente de habitações.

O terreno escolhido era íngreme e ficava espremido entre a Praça de Touros de Santamaria, declarada Monumento Nacional em 1984, e o Parque da Independência. Sua localização é privilegiada na paisagem da cidade já que elevada em relação ao centro internacional que fica à oeste, enquanto do lado leste fica o monumental maciço do Monteserrat. O conjunto possui 294 unidades habitacionais de diferentes tipologias e tamanhos.

Diante desta complexa situação a proposta de Salmona buscou costurar os diversos elementos urbanos. As Torres não são meramente habitações. Elas constroem um novo espaço urbano que articula, a topografia, a paisagem e a história locais. O conjunto é formado por três torres que ocupam cerca de 25% do terreno. Os três quartos restantes se transformam em um rico espaço público que conecta o Parque da Independência ao conjunto. Este processo é tão completo, que um visitante desavisado poderia julgar que os edifícios sempre fizeram parte do Parque. Para fortalecer seu caráter urbano, o térreo das Torres abriga áreas comerciais que potencializam a ocupação do terreno. Todo o conjunto se abre para as ruas vizinhas oferecendo espaços de grande qualidade paisagística.

Marcante no conjunto também é a relação que Salmona estabelece com a Plaza de Toros. Sua forma circular ecoa por todo conjunto. Além disto as Torres foram construídas com tijolos, mesmo material da Plaza, o que fornece ao conjunto uma grande coesão. Todo o detalhamento da construção em tijolos é nada menos do que primoroso. Para Salmona o tijolo não é meramente uma opção técnica. É uma técnica milenar, disseminada por toda a Colombia, que estabelece um sentido de lugar. Sentido reforçado no caso das Torres devido a proximidade com a Plaza de Toros. Simultaneamente as qualidades da construção com tijolos (texturas, cores, brilhos etc…) criam uma poética espacial, que interessava à Salmona.

Assim Las Torres del Parque fazem parte dos esforços dos arquitetos do século XX para construirem espaços públicos generosos, capazes de conectar as pessoas. Espaços que criem o tempo da contemplação, da reflexão sobre a existência. Espaços que tiveram em Rogelio Salmona um dos seus mais fecundos criadores.

Anúncios

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em Htau 7 e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s