As bicicletas de Buenos Aires

Desde 21 de novembro de 2010 a Cidade de Buenos Aires implementa uma plano de expansão do uso de bicicletas no sistema de transporte público. Chamado Mejor en bici, eleconsiste na criação de uma ampla rede de ciclovias articuladas a um conjunto de estações de empréstimo de bicicletas. Inicialmente o plano focou nos deslocamentos dos estudantes da cidade e oito universidades foram conectadas por ciclovias. Hoje o sistema atinge 80km de ciclovias que se localizam apenas na região central de Buenos Aires. As ciclovias possuem cerca de dois metros de largura e circulação bidirecional, sendo segregadas do tráfego dos demais veículos através de prismas de 20cm de altura. Nas ruas onde foram construídas as ciclovias, normalmente de tráfego secundário, a velocidade máxima foi reduzida para 30 km/h.   As bicicletas utilizadas pelo sistema são facilmente identificáveis, pois possuem um design exclusivo.

O serviço de empréstimo é gratuito e disponibilizado apenas para os portenhos, o que impede a sua utilização por parte dos turistas. O foco do programa é a transformação da bicicleta em uma alternativa real de transporte público. A topografia pouco acidentada da cidade também é um incentivo ao uso das bicicletas. Incompreensivelmente o sistema de empréstimo das magrelas não funciona aos domingos e feriados, quando seria também uma ótima opção de lazer. Aqui vemos uma profunda diferença entre São Paulo e Buenos Aires, pois na capital paulista os programas de incentivo ao uso das bicicletas só funcionam aos domingos e feriados, tendo um caráter eminentemente de lazer. Apesar da folga dominical o Mejor en Bici é uma iniciativa louvável do Governo de Buenos Aires.

Estação de empréstimo de bicicletas na Praça do Congresso. No primeiro plano a ciclovia da Calle Montevideo.

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para As bicicletas de Buenos Aires

  1. Pingback: As reformas urbanas no centro de Buenos Aires | Marcos O. Costa

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s