O plano de expansão do Metrô até 2018

Folha de São Paulo

Alckmin promete mais 126 km de metrô em São Paulo até 2018

JOSÉ BENEDITO DA SILVA

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) prometeu ontem que a rede de metrô de São Paulo alcançará cerca de 200 km em 2018, o que significaria quase triplicar a malha atual, que é de 74 km.

Com isso, atingiria a mesma dimensão dos sistemas da Cidade do México (202 km) e de Paris (213 km) e metade da do metrô de Londres (400 km), o maior da Europa Ocidental.

“Até o fim do meu mandato, em 2014, vamos entregar 30 km de metrô e deixar mais de 90 km em obras. A meta é chegar a 200 km de metrô.”

Para atingir o objetivo, Alckmin terá de imprimir um ritmo muito diferente do adotado desde que o PSDB chegou ao governo do Estado, em 1995, com Mario Covas.

À época, São Paulo tinha 49 km de metrô –ou seja, em 17 anos de governo, a rede cresceu 25 km. Para chegar à meta em 2018 –quando ainda poderá ser governador, já que deve disputar a reeleição em 2014–, o tucano precisará construir 21 km ao ano.

A estimativa foi feita ontem durante a assinatura de convênio para consultoria com o Banco Mundial para estruturar parcerias público-privadas para três novas linhas.

Das três, a mais próxima de virar realidade é a 6-laranja, que irá ligar, na primeira fase, Brasilândia (zona norte) ao centro, cruzando Perdizes, Pompeia, Higienópolis, Pacaembu e Bela Vista.

Já com licitações em andamento (como projetos de estações e laudos de desapropriação), está prevista para entrar em operação em 2017.

As outras linhas que deverão ter dinheiro privado são a 18-bronze (São Paulo ao ABC) e 20-rosa, que irá ligar o bairro da Lapa (zona oeste) a Moema (sul).

  Editoria de Arte/Folhapress  

Mapa do plano de expansão do Metrô até 2018

EM OBRAS

Três linhas estão em obras, sendo as mais avançadas o monotrilho da zona leste, que deve chegar a Cidade Tiradentes em 2016, e o prolongamento da linha 5-lilás, de Santo Amaro a Chácara Klabin, que pode operar em 2015.

Outra linha em construção é a 17-ouro, que vai ligar Congonhas ao Jabaquara e ao Morumbi. A primeira fase, do aeroporto à marginal Pinheiros, deve estar pronta em 2014, antes da Copa do Mundo.

Também já tem as primeiras licitações e sondagem de solo em andamento a linha 15-branca, que vai ligar Vila Prudente (leste) à via Dutra.

Integram a conta de Alckmin as extensões da linha 4-amarela a Taboão da Serra (Grande SP) e o prolongamento da linha 5 ao Jardim Ângela (zona sul).

Segundo o vice-governador Guilherme Afif Domingos, que preside o Conselho Gestor de PPPs, algumas das principais empreiteiras do país manifestaram interesse nos projetos, mas o governo quer disputa internacional.

O Banco Mundial vai ajudar a modelar a engenharia financeira e o tipo de PPP, que pode ser total (a empresa constrói e opera a linha) ou parcial (o governo constrói e concede a operação).

Além de dinheiro das PPPs, o governo conta ainda com recursos federais e empréstimos de bancos como o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e o BNDES.

No Plano Plurianual 2012-2015, o governo projetou um investimento de R$ 45 bilhões na rede de trens e metrô.

Anúncios

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em Formação da Cidade Contemporânea e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para O plano de expansão do Metrô até 2018

  1. Novais disse:

    deixei um comentário mas não tive resposta e o comentário não foi “aprovado”. Como não cometi ofensa alguma, não fui desrespeitoso ou deselegante, entendo apenas como censura. Pena, o blog parecia bom, mas bye bye. Se ainda não entendeu a beleza do compartilhar na Internet, não tem motivo para você estar aqui.

  2. osvaldo da silva crespo disse:

    TEMOS QUE PENSAR NUMA SEGUNDA LINHA DO METRO NA ZONA LESTE.SERIA MAIS SIMPLES MAS BEM DIRECIONADA, POR EXEMPLO SAINDO DEPOIS DE ITAQUERA VIA ELEVADA TOTALMENTE COM 4 PARADAS; A SABER ITAQUERA-TATUAPÉ- BRAZ E FINALMENTE GICERIO ,QUE TEM ESPACO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s