Metrô de Nova Déli recebe certificado da ONU por reduzir poluição

Ciclovivo

O modelo foi registrado como um projeto de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) da ONU e vai ganhar créditos de carbono para os próximos sete anos. | Imagem: Divulgação

O metrô de Nova Déli (Delhi Metro Rail Corporation – DMRC) foi certificado pela ONU como o primeiro metrô ferroviário no mundo que tem ajudado na redução de gases de efeito estufa (GEE). O comunicado oficial foi feito em setembro.

Segundo a ONU, o metrô tem ajudado na redução dos níveis de poluição na cidade em cerca de 6,3 x 105 toneladas a cada ano, contribuindo assim para mitigar os impactos no aquecimento global.

O modelo foi registrado como um projeto de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) da ONU e vai ganhar créditos de carbono para os próximos sete anos. Com o aumento no número de passageiros, o número de créditos também vai aumentar.

“Hoje cerca 1,8 milhão de pessoas viajam no metrô, que é completamente não poluente e amigo do ambiente. Mas, na ausência do metrô, essas pessoas teriam viajado de carros, ônibus, motos e triciclos o que teria resultado em emissão de gases de efeito estufa”, disse o comunicado.

A ONU observou que este meio de transporte tem ajudado a cidade a mitigar as emissões de gases nocivos na atmosfera. De acordo com o comunicado, “O órgão das Nações Unidas que administra o MDL sob o Protocolo de Kyoto certificou que o DMRC reduziu as emissões e nenhum outro metrô no mundo poderia receber o crédito de carbono para o acima exposto, devido à exigência muito rigorosa de prova documental conclusiva de redução das emissões”.

Todo passageiro que opta por utilizar este meio de transporte em vez de carro e ônibus contribui na redução de emissões, a uma medida aproximada de 100g de CO2 por cada viagem de dez quilômetros e, portanto, torna-se parte na redução do aquecimento global.

Este é o segundo projeto de MDL do metrô de Nova Déli, a ser registrado pelo órgão da ONU nos últimos três anos. O primeiro projeto estava na frenagem regenerativa – uma técnica para reduzir o consumo de energia. Com informações do Delhi Metro Rail.

http://ciclovivo.com.br/noticia.php/3953/metro_de_nova_deli_recebe_certificado_da_onu_por_reduzir_poluicao/

 

Anúncios

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em Espaço Sustentável e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s