Cresce o número de pessoas no centro expandido de São Paulo

SP 2040

Por Daniel Ramos 

Desde a década de 50, o Brás angariava a fama de ser um dos bairros paulistanos que mais perdiam população. Essa tendência, porém, se inverteu positivamente entre 2000 e 2010 – segundo o Censo de 2010, a Subprefeitura da Sé, à qual faz parte o Brás e outros nove distritos do Centro, teve um acréscimo de 57.192 habitantes no período.

Outra revelação do Censo: desde os anos 80, o saldo migratório deixou de ser um fator determinante para o crescimento populacional em São Paulo – de fato, entre 2000 e 2010, foi registrado um saldo migratório negativo de 287 mil pessoas. Entretanto, um novo fluxo de imigrantes, incluindo o de estrangeiros, vem repercutindo sobre o aumento da população de alguns distritos centrais, caso de Bom Retiro e Pari, naquela década. Quer saber mais? Leia o Informe Urbano nº2.

http://sp2040.net.br/informes/2011/10/cresce-o-numero-de-pessoas-no-centro-expandido-de-sao-paulo/

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em Formação da Cidade Contemporânea e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s