A Igreja Matriz de Santo Antônio em Tiradentes

A fachada foi projetada pelo Aleijadinho

A Matriz de Santo Antônio em Tiradentes é uma das mais significativas obras de arte do século XVIII em Minas Gerais. Sua fachada foi projetada em 1810 por Aleijadinho, e tem em sua portada, o elemento mais importante. Em seu interior, intenso e arrebatador, foram utilizados cerca de 482 kg de ouro. Em 1788 foi trazido da Alemanha um órgão que foi restaurado em 2008. Além da decoração, o porte e a escala da Igreja tembém impressionam. Como é costumeiro na arquitetura deste período em Minas, a inserção urbanística da Igreja busca amplificar sua monumentalidade. A igreja, que ocupa um terreno elevado em relação ao resto da cidade, é um marco visual na paisagem. Sua posição em relação às ruas vizinhas permite a visualização das suas fachadas por vários ângulos.

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em Htau 4 e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A Igreja Matriz de Santo Antônio em Tiradentes

  1. gabriela sousa do carmo disse:

    nossa a mattiz e linda

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s