Passeios turísticos de trem em SP serão semanais

AE – Agência Estado

O governo de São Paulo quer aumentar a regularidade dos Expressos Turísticos da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) para a Região Metropolitana e o interior. A ideia é tornar semanais os trajetos que saem da Estação da Luz para Mogi das Cruzes, Paranapiacaba e Jundiaí, hoje com frequência alternada: o de Mogi sai uma vez por mês; o de Paranapiacaba, três; o de Jundiaí, a cada 15 dias.

A frequência intermitente dos trens acontece porque todos os passeios, além de dividir espaço nos trilhos com os trens urbanos da CPTM, usam a mesma locomotiva: uma Alco RS-3, de 1952, com dois vagões e 174 poltronas. “Essas viagens alternadas confundem um pouco. Às vezes, a pessoa quer ir para um lugar, quando vai na estação comprar a passagem não é na semana que ela queria, é na outra. Então, a nossa vontade é tornar a frequência regular”, afirma o secretário dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes.

O secretário disse ainda que novos destinos, como São Roque, no interior, estão em análise. Em 2010, o governo anunciou a criação de um trem para passeios religiosos para a cidade de Aparecida. Até hoje não saíram do papel. “A prioridade é melhorar o serviço dos já existentes”. AS informações são do jornal O Estado de São Paulo.

Campos do Jordão

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou nesta quarta-feira a recuperação da Estrada de Ferro Campos do Jordão. Serão investidos R$ 4,1 milhões na ferrovia por meio da Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM). Os recursos serão destinados à compra de máquinas e equipamentos necessários à manutenção das vias. Segundo governador, a revitalização será feita dentro da proposta de trens turísticos. A previsão é que as obras fortaleçam o turismo na região.

Em maio deste ano, a ferrovia já havia recebido R$ 2,9 milhões para obras emergenciais, que foram concluídas em outubro. As obras permitiram o restabelecimento das viagens turísticas que atendem os roteiros Campos do Jordão-Pindamonhangaba e Campos do Jordão-Santo Antônio do Pinhal. Os ingressos para as viagens de sexta, sábado e domingo já estão esgotados até o dia 9 de janeiro do próximo ano. Daqui a três anos, a Estrada de Ferro comemorará 100 anos de atividade.

http://www.estadao.com.br/noticias/geral,passeios-turisticos-de-trem-em-sp-serao-semanais,793706,0.htm

http://www.estadao.com.br/noticias/geral,estrada-de-ferro-de-campos-do-jordao-sera-recuperada,793797,0.htm

Anúncios

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em Contemporaneidade e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s