SP tem pior mobilidade sustentável do País; Rio fica em 1º

Terra

Um estudo divulgado nesta quinta-feira apontou São Paulo como a capital com os piores indicadores de mobilidade urbana sustentável, com nota 2,0 em uma escala de zero a 10. Já o Rio de Janeiro ficou em primeiro lugar entre as nove cidades do ranking, com nota 7,9.

A pesquisa foi feita pelo portal Mobilize Brasil, com informações de órgãos governamentais, institutos de pesquisa, universidades e entidades independentes. Inicialmente, a avaliação seria feita em 13 capitais, mas a falta de dados resultou na exclusão de Goiânia (GO), Fortaleza (CE), Manaus (AM) e Recife (PE).

Para as notas do Rio de Janeiro, o Mobilize Brasil levou em conta o expressivo uso de transporte coletivo na cidade e o recente programa de implantação de ciclovias, que soma 240 km de vias para bicicletas. Em segundo lugar ficou Curitiba (PR), com nota 7, garantida especialmente pela acessibilidade quase universal no transporte coletivo do município.

As piores notas foram obtidas pelas cidades por Cuiabá (MT), seguida de São Paulo, principalmente em função do uso excessivo de automóveis e motocicletas na locomoção urbana nessas capitais. Brasília (DF), terceira colocada no ranking, ficou com a nota 5,1, enquanto Belo Horizonte (MG), Salvador (BA), Porto Alegre (RS) e Natal (RN) ficaram com notas entre 3 e 4.

De acordo com o portal, foi levada em consideração, para o estudo, a extensão de vias adequadas ao trânsito de bicicletas em relação à extensão do sistema viário; a razão entre a renda média mensal e a tarifa simples de ônibus urbano; a razão entre o número de viagens por modos individuais motorizados de transporte e o número total de viagens; a porcentagem de ônibus municipais acessíveis a pessoas com deficiência física; e mortos em acidentes de trânsito (por 100 mil habitantes) por ano. O Mobilize Brasil informou que pretende repetir o estudo anualmente.

http://noticias.terra.com.br/brasil/transito/noticias/0,,OI5411292-EI998,00-Estudo+SP+tem+pior+mobilidade+sustentavel+do+Pais+Rio+fica+em.html

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em Espaço Sustentável e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s