Dubai usa energia solar para iluminar parques

Ciclovivo

O município terminou o trabalho em um parque na zona de Al Sofouh que utiliza sistemas de iluminação solar. Construído em uma área de 1,55 ha, o parque foi o primeiro a usar esta tecnologia em Dubai. | Imagem: Gulf News

Em breve todos os parques em Dubai usarão luzes movidas a energia solar, em uma tentativa de reduzir o consumo de eletricidade e minimizar o consumo de recursos naturais.

“Todas as luzes em nossos parques serão solares. Nós já começamos a implementá-las e, gradualmente, irá abranger todos os parques. Esta é uma das nossas muitas iniciativas para o desenvolvimento sustentável”, disse Hussain Nasser Lootah, diretor-geral do Município de Dubai ao Gulf News.

Lootah disse que as cidades do século 21 devem evoluir para centros de progresso, que servem como forças para o avanço nacional e global. Nenhuma entidade pode fazer isso sozinha, disse, mas terá indivíduos, empresas e todos os níveis de governo trabalhando juntos para alcançar essas metas. Os líderes do futuro têm a responsabilidade de fazer essa transição acontecer, acrescentou.

O município terminou o trabalho em um parque na zona de Al Sofouh que utiliza sistemas de iluminação solar. Construído em uma área de 1,55 hectares, o parque foi o primeiro a usar esta tecnologia em Dubai.

Lootah também destacou a visão e a estratégia para a cidade nos próximos anos, incluindo as áreas de foco e que iniciativas serão postas em prática para levar adiante uma estratégia sustentável.

O Plano Estratégico do Município visa aumentar a área verde per capita da cidade para 23,4m2. Ele também pretende aumentar a proporção de terras cultivadas em áreas urbanas públicas para 3,15% até o final de 2011.

“Dubai é uma das cidades mais bonitas e tem visto um grande desenvolvimento no passado. Isso tem dado uma boa qualidade de vida, mas houve efeitos colaterais deste desenvolvimento, como o aumento da produção per capita de lixo, o alto consumo de gasolina e alto consumo de eletricidade”, disse ele.

“Precisamos garantir um desenvolvimento sustentável e adotar maneiras mais respeitadoras do meio ambiente, como reciclagem de água de esgoto para usá-la na irrigação” disse Lootah.

O município também está trabalhando para converter todos os seus carros oficiais de gasolina para gás. “Nós já convertemos cinco carros. Todos os nossos mil carros serão movidos a gás natural comprimido (CNG),” disse o diretor geral do município. Com informações do Gulf News.

Redação CicloVivo

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em Formação da Cidade Contemporânea e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s