Críticas de Obama sobre crise na Europa causam indignação na Alemanha

Opera Mundi

As críticas do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sobre as medidas tomadas pela Europa para solucionar a crise econômica que afeta o continente causaram indignação em autoridades européias, especialmente na Alemanha. “É sempre mais fácil dar conselhos sobre os problemas dos outros do que resolver os seus próprios problemas. Eu estou pronto para dar conselhos aos Estados Unidos”, ironizou o ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schauble, que completou: “Não acredito que a crise na Europa seja o único problema dos Estados Unidos”.

Nesta terça-feira (27/09), Obama disse que a União Europeia passa por uma crise que está “assustando o mundo”. Segundo o presidente norte-americano, as decisões das autoridades européias não estão sendo tomadas com a rapidez que deveriam ser. O principal foco de preocupações no momento são as contas públicas da Grécia, que recebeu um auxílio bilionário da União Européia, mas ainda corre o risco de decretar moratória.

As declarações de Obama também repercutiram mal na imprensa da Europa. Na Alemanha, o jornal Bild qualificou a leitura do presidente norte-americano sobre a crise como “prepotente, arrogante e absurda”. “Em poucas palavras, ele está afirmando que a culpa pela atual crise financeira que está ‘assustando o mundo’ é da Europa. Excuse me?”, protestou o jornal.

O Bild disse ainda que Obama “parece ter esquecido” que a crise financeira e econômica global foi iniciada nos EUA, com a desregulamentação do sistema bancário e o estouro da bolha no mercado imobiliário. A fala de Obama lhe rendeu críticas também dentro dos EUA. O comentarista John Caffrerty, da CNN, lembrou que o democrata critica a situação fiscal na Grécia enquanto comanda um país cuja dívida passa dos US$ 14 trilhões.

Há pouco mais de dois meses, foram os EUA que “preocuparam”o mundo, quando um impasse entre democratas e republicanos sobre o aumento do limite de endividamento público deixou o governo norte-americano à beira do calote.

Obama também enfrenta problemas para reaquecer a economia de seu país. Neste mês, ele propôs um pacote de incentivo de US$ 447 bilhões, com corte de impostos e investimentos em obras. A taxa oficial de desemprego nos EUA se mantém acima de 9% há mais de um ano. É o pior cenário desde a Grande Depressão. Mas a realidade pode ser ainda pior, já que analistas apontam que a metodologia do governo subestima o número de pessoas desempregadas, que pode estar acima de 20% da população economicamente ativa.

O governo de Israel confiscou 80 hectares da aldeia palestina de Beit Umar, na Cisjordânia, para construir uma estrada para uma de suas colônias, informou nesta quarta-feira a agência de notícias palestina “WAFA”.

Segundo o porta-voz do Comitê Nacional contra o Muro e os Assentamentos, Mohammed Awad, as autoridades israelenses comunicaram a decisão à prefeitura da aldeia, situada ao sul de Hebron. Parte das terras confiscadas pertencem à escola agrícola de Beit Umar.

Com oito quilômetros de comprimento e um e meio de largura, a nova estrada partirá do assentamento de Etzion, atravessando a aldeia palestina. Sua construção está prevista para a próxima semana.

Essa decisão acontece um dia depois de a Comissão de Planejamento do Distrito de Jerusalém ter anunciado a aprovação da construção de 1.100 imóveis na colônia judia de Gilo, em Jerusalém Oriental.

A aprovação da expansão do assentamento foi condenada pela comunidade internacional e pelos palestinos, que se negam a retornar à mesa de negociação com os israelenses enquanto estes continuarem a colonizar seus territórios.

http://operamundi.uol.com.br/noticias_ver.php?idConteudo=15576

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em Contemporaneidade e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s