Intervenção Urbanística em Ubatuba

Este o TFG apresentado pela Arquiteta Cristina Cavalheiro (abaixo o link para o PDF).

É um trabalho relevante sobre o Município de Ubatuba e seu futuro:

Intervenção Urbanística em Ubatuba

PARTICULARIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS

A cidade de Ubatuba é forte. Seja de forma transitória ou permanente, sua personalidade se manifesta ao longo de tumultuada história, mas acima de tudo, destaca-se por indiscutível beleza natural, e tal como toda beleza, ao ser percebida passa também a existir não somente em si mesma mas também de forma diferente por cada observador. Bela e grande em extensão, a cidade se distingue também por pequenas peculiaridades que se manifestam contínua e mansamente na memória de habitantes e visitantes – indivíduos únicos, que viveram, se divertiram, namoraram, mergulharam, tomaram sol e se banharam nas suas praias ou cachoeiras.

Além dos adoráveis insetos nativos, os pernilongos e borrachudos, praticamente carnívoros, que a cada período de férias, contribuíam para moradores e turistas desenvolverem uma inigualável destreza no selvagem esporte noturno da “caça ao pernilongo”, em Ubatuba sobrava goiaba, banana e araçá (conhece araçá?). Galinha tinha nome carinhoso e cobra era presença constante nos quintais – mas se a cobra picasse alguém pagava com a vida (dela), tal como a galinha, tão querida, que “dançava” num certo domingo. Sapos e rãs eram moradores locais… quem não se lembra daquela rãzinha bem pequenininha, verdinha, que nas férias de verão te observava do cantinho do chuveiro da casa da praia?

O final da tarde, aquele momento gostoso de água morna e maré baixa, era a hora certa para “catar”marisco. Já pela manhãzinha ia-se buscar sardinha no cais, oferecida “de graça”, pois era tão farta que os pescadores não cobravam por pequenas quantidades para uso doméstico. Especificamente no bairro do Itaguá, havia em algumas ruas o característico cheiro de “salga”, locais onde a sardinha era preparada para poder “subir a serra” e ser então enlatada nas industrias no Vale do Paraíba. Hoje não é mais assim. Ninguém mais “cata” marisco e a sardinha já não é tão farta, nem chega ao mesmo porto. E onde está hoje a “salga”? Ainda existe, em outros bairros mais afastados da praia, e agora a sardinha já “sobe a serra” devidamente enlatada. A chuva? Esta continua frequente e farta, mas não traz consigo o assustador e quente vento noroeste… não é a mais mesma. Você já experimentou banho de mar com chuva? E à noite?

Em Ubatuba, a contagem das praias era “mutante”, atualizada conforme se expandia o sistema viário ou resultando da curiosidade dos pescadores pela exploração da terra firme. No “meu tempo” eram somente 73 e hoje se contabiliza 20% mais! Praia é bom, mas nada é igual a um mergulho no cais do Itaguá. Até hoje, no portinho, há sempre um agitado e imprudente grupo de moleques e jovens adultos usufruindo da mesma impagável experiência que há anos é ali praticada. E o disco voador? Tinha? Óbviamente sim, sim, sim! E descia durante a madrugada, bem ali ao lado, no alto do morro! É impossível descrever tudo. De Ubatuba cada um guarda uma lembrança, uma saudade, um segredo, uma vontade… um arrependimento até. É isto que faz de Ubatuba um lugar de todos e de ninguém, de sol e de chuva. Ok, ok… talvez seja melhor dizer “um pouco mais de chuva do que de sol”!

Anúncios

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em Urbanismo e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s