O Parque Tercer Milenio de Bogotá

No final do século XX o bairro El Cartucho era temido por todos os bogotanos. Situado na zona central a apenas duas quadras do Palácio Nariño, sede do Governo Colombiano, o bairro possuia altos índices de violência e insalubridade, onde viviam cerca de 22 mil pessoas. Em 1998 o então Prefeito de Bogotá Enrique Peñalosa lança o “Proyecto de Renovación Urbana Tercer Milenio” cuja gestão ficou a cargo da empresa “Renovación Urbana”, também criada neste período. Havia um compromisso daquela administração com a requalificação do espaço público de Bogotá, e em 1998 uma das estrutura prioritárias para que este objetivo fosse alcançado foi criada: o Sistema Distrital de Parques com o objetivo de criar “espaços que propiciem a convivência cidadã e os cenários para a construção da comunidade”. Em 2000 Bogotá elabora seu Plano de Desenvolvimento Territorial (Plan de Desarrollo Territorial – POT) que definia o que é espaço público da seguinte maneira: “sistema formado pelo conjunto de relações urbanas que vinculam elementos naturais e construídos, satisfaz as necessidades coletivas, que prevalecem sobre as particulares, e permitem o desenvolvimento da percepção de pertencimento e imagem da cidade”.

O passo seguinte foi realizar pesquisas paar identificar o perfil dos moradores e como poderia ser feita a sua remoção, de modo a causar o menor impacto social possível. Como havia cerca 1.140 moradores de El Cartucho, que trabalhavam com reciclagem foi criado o Parque Tecnológico de Reciclagem. Os edifícios do bairro foram comprados pela Prefeitura para que pudessem ser demolidos, o que criou uma nova área livre, bem no centro de Bogotá. Um concurso público definiu o projetista e o construtor que acabaram a cargo de María Camila Pabón e Juan Guillermo Pereira. O concurso tinha por premissa que o parque fosse “um motivode orgulho e reconhecimento para os cidadãos e lugar de visita obrigatória, tanto para os Bogotanos como para os visitantes. Também deveria impulsionar o desenvolvimento da área, e fazer atrativa a moradia no centro”.

O Parque Tercer Milenio ocupa uma área de 200 mil m², e trouxe para região um espaço público altamente qualificado que transformou as condições ambientais, com o aumento das áreas verdes. Como o Parque está cercado por algumas das principais avenidas da cidade foram projetadas uma série de barreiras sonoras que funcionam como passeios elevados por todo o seu perímetro. Estas barreiras possuem um desenho irregular que cria espaços de escala mais intimista onde ocorrem atividades contemplativas e de lazer ativo. Ao mesmo tempo um grande eixo, paralelo às duas principais avenidas, a Alameda Tercer Milenio, corta o centro do Parque e define o espaço cívico monumental, ladeado por uma série de equipamentos, como áreas de descanso cobertas, sanitários, lanchonetes, telecentros etc… A variedade de escalas urbanas é uma das principais qualidades do projeto.  As construções do Parque puntuam verticalmente o espaço do parque criando referências em sua paisagem. Sua arquitetura, a cargo do Arquiteto Giancarlo Mazzanti, é feita de gestos delicados, leves, o que é obtido através da utilização de estruturas de aço e elementos de madeira que providenciam proteção ao clima frio e húmido de Bogotá. Todo paisagismo segue um princípio de ordenamento horizontal onde predominam os pisos secos e a grama. As árvores ocupam uma área bastante restrita em todo o conjunto. No subsolo se localiza um estacionamento para 800 veículos. As obras demoraram 6 anos para serem concluídas e o Tercer Milenio foi inaugurado em 2005.

Vista da Alameda Tercer Milenio

Anúncios

Sobre Marcos O. Costa

Arquiteto Urbanista formado pela FAU Mackenzie com mestrado em estruturas ambientais urbanas pela FAUUSP. Associado à Borelli & Merigo, onde desenvolve projetos nas áreas de edificações e urbanismo. É professor da FAAP e da Escola São Paulo. A publicidade exposta neste Blog é de responsabilidade da Wordpress
Esse post foi publicado em Formação da Cidade Contemporânea e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para O Parque Tercer Milenio de Bogotá

  1. Thamy Orsi Geraissate disse:

    Obrigado pela atenção em publicar sobre o parque, gostei e aproveitarei as informações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s